NÚMERO 1
MOJOJOJO
M A N I F E S T O
A arte é a expressão das coisas que mudam, a vontade do novo.
É uma palavra de lucidez e um sopro criativo quando a mudança nos é imposta.

Porque vivemos uma imposição e tempos que nos parecem ir mudar o mundo que conhecíamos, queremos começar já a contribuir para que esse novo horizonte seja lúcido, equilibrado e com arte.

O WSA Ligação Cultural tem como objetivo levar a todos, de forma gratuita, a cada novo mês, uma peça original de um conjunto de artistas emergentes que gravitam em torno da nossa agência.

Continuemos a respirar juntos.

Download Art by MOJOJOJO: http://wsa.pt/ligacao-cultural/MOJOJOJO_N3.pdf

 

SOBRE O ARTISTA

Mojojojo não é bem um alter-ego do artista Pedro Loureiro. Talvez seja mais certo chamar-lhe um prolongamento noturno da sua identidade. Tal como todos os super heróis de banda desenhada antes da revelação, Pedro Loureiro é uma figura social parecida connosco. Trabalha durante o dia, para viver com a sua mulher, os seus dois gatos e a sua cadela. É, usualmente, durante a noite que se transforma em ilustrador/pintor, invadindo as folhas e os murais com circunstâncias casuais satirizadas pelas suas ideias bizarras e ângulos tantas vezes desconcertantes. É nosso amigo e o primeiro a expor no WSA Ligação Cultural.

MANTENDO O DIÁLOGO
1. WSA

Naturalmente, temos que começar por este desenho. Quem este é este personagem?

MOJ

Na verdade, este ou qualquer outro personagem que crie, acabam sempre por ser quem o espectador quiser. Gosto de deixar essa ideia a percorrer o imaginário de cada um, pois todos somos, temos e sentimos momentos que nos preenchem de diferentes maneiras. E para mim enquanto artista que consumo tudo o que me rodeia, criar algo que possa ter várias possibilidades e não um único propósito é extremamente gratificante.

2. WSA

Os teus desenhos são, muitas vezes, caricaturas da sociedade. Quais são os detalhes da vida que procuras com mais frequência?

MOJ

Não os procuro. São detalhes que surgem em momentos que acontecem por sí. Sempre fui muito observador, inclusive tive até uma professora que me fez a seguinte observação: “O Pedro está aqui connosco muito atento, contudo se uma mosca passar, ele desliga, segue a mosca com o olhar e ao mesmo tempo já lhe deu nome e fez a vida dela”.

3. WSA

Essas observações da realidade, antes de se concretizarem num desenho, passam por um processo de imaginação criativa. Como funciona esse processo no teu caso?

MOJ

É algo tão complexo que nem mesmo eu sei explicar, o conceito surge, a imagem começa a formar-se na cabeça e só fico satisfeito quando transponho o que idealizo. Por vezes quase me sinto como o grande Robert Johnson que dizem ter feito um pacto com o diabo.

4. WSA

A música faz parte do teu dia-a-dia? Que música tens ouvido e que recomendações nos podes fazer?

MOJ

Sim claro. Linda Martini, Queens Of The Stone Age, Dead Combo, Quelle Dead Gazelle, Legendary Tigerman, Ennio Morricone, Tool, Muddy Waters, Black Pumas, Chuck Berry, Pink Floyd, Led Zepplin, The Beatles, Slow J, Sam The Kid, Sérgio Godinho, Jorge Palma, José Mário Branco, Korn.

5. WSA

És um artista que pinta muito na rua e, certamente, sentes a falta dela. Estás a preparar alguma coisa para pintar assim que voltarmos a poder circular?

MOJ

Sim, tenho dois trabalhos agendados, que estão em standby, devido à situação que atravessamos. Enquanto não houver novidades vou trabalhando pelo estúdio, neste momento estou a trabalhar numa animação 2d para um cliente e vou preparando novas telas. Não podemos parar.

Author WSA

More posts by WSA

All rights reserved Salient.